12.5.08

homenagem para "M P"

Honrosamente recebi um texto do meu mais antigo amigo, e não poderi deixar de postar aqui:

Palavra Maldita

A dita palavra não me sai da cabeça!

Bem. Antes mal dita que não dita.

Se a tivesse engolido, estaria atravessada na garganta.

Ou embrulhada no estômago.

Melhor assim: na cabeça, junto das outras mal ditas.

O que dizer da não dita?

é amarga para quem não a disse.

Para quem engole seco a palavra quente,

que deixa úlcera no estômago e que causa congestão.

Esta sim é palavra maldita: a não dita.

Sabe o que acho de tudo isso?

Não sei se eu digo... Glup!

(Danilo – outubro/2007)

Um comentário:

Sinta o que Eu Sinto disse...

as 'malditas' foram mto bem colocadas, parabéns ;)