31.7.07

sem título - 032

Sou revolucionário teórico,
com uma idéia fixa.
martelada
empregada
apregoada
mas sou o revolucionário que não recicla lixo.
O pior de todos;
o preguiçoso...
muitas idéias
pouca vontade.
O gordo que, ainda, vai começar aquela dieta ;
mas por hoje, que venha uma mesa repleta.
Se meu pai um dia souber,
que estes cromossomos escrevem coisas, que outros chamam de poesia
concreta.
Coitado, muito desgostoso vai ficar!
Letra não trás dinheiro, meu filho.
"e não dá mesmo"
Letra não vai dar orgulho.
ôôô meu pai!
...mas tem me aliviado a alma.
ciclos
triciclos
monociclos
diciclos
um dia vou aprender a conviver com eles...

mas um dia, não hoje.
Por hora apenas mais uma xícara de café.
"estou muito tempo longe de casa... saudade de vocês!!!"

3 comentários:

Júlim Oliveira disse...

que chique de seu texto eu gostei, princpipalmente de: "O gordo que, ainda, vai começar aquela dieta "


uhasushausahsa minha cara!

laura disse...

revolucionario teorico?
huhuhu
isso me lembra meus amigos de ciencias sociais

hehe

Josy disse...

sabendo usar, pode trazer dinheiro sim!
por hora, traz o seu desabafar.