8.3.07

juca - 002

Dentro da noite mais uma vez a insônia vem fazer companhia.
O jeito é levantar, e ir para a janela, que fica no final do corredor.
O silêncio da noite é sempre acolhedor, uma caneca de chá também. A cidade está silenciosa agora; apenas ao longe umas prostitutas fazem seu alarde na esquina. Um motoqueiro passa e buzina.

Para o Juca é estranho entender as ligações humanas. A própria humanidade é uma incógnita.

Auto consciência, seria esta a chave?

Mais uma vez Juca se vê com seus intermináveis questionamentos. Mais uma vez conversa com Deus, e pede que Ele exista, e que não queime no fogo do inferno por questionar estas coisas.
Por que sempre ensinaram isso?
Temer, por que devemos temer?

Auto consciência, Juca tem uma teoria, de que talvez nada exista, nem mesmo ele. Que a religiosidade foi inventada para apaziguar o cérebro. Estabilizar. Segundo seus intermináveis pensamentos, com a evolução humana, o homem atingiu um estágio onde descobriu que é apenas comida de verme e que não serve pra nada. Mas como o cérebro humano é muito "esperto", criou uma válvula de escape, criando uma segunda chance ilusória.

Juca mais uma vez reza para que isso não seja verdade.
As noites, muitas vezes, são longas para o Juca.

11 comentários:

Marls disse...

Saudações de Amsterdam, pra Fortaleza.

William Maia disse...

blog muito bom!

parabeins

http://www.imperiomaia.blogspot.com

:B

Fabiano disse...

a realidade , autoconciencia ...
quando estamos sozinho pensando em muitas coisas e quase nunca temos uma resposta para todas as perguntas, acredito que não estamos prontos para saber tudo, mas quem sabe um dia depois de muitas existencias...

Mestre Splinter disse...

Muito bom texto, velhinho! Uma questão que vem atormentando muita gente, e que tu expôs de forma precisa...ainda que existam tantas outras questões...

Parabéns!

Isadora A. disse...

ai ai Juca...
as noites são tão longas...

B. disse...

Para mim também.
Esse Juca tem umas idéias muito interessantes.
Grande, Juca!

Fê Probst disse...

as vezes eu me sinto um pouco Juca...

Josy disse...

Juca e suas teorias...

M.Marcolin disse...

E se isto se confirmasse para você e para mim? o que fariamos? acho que só sabendo que devemos aproveitar o dia de hoje e todos os outros como 'únicos' para cuidarmos melhor do nosso ambiente, não acha? mas esta é outra questão... abraços, amigo, obrigado por linkar-me!!!

Lucia disse...

Há alguns anos atrás eu já me via desejando que todos os deuses e anjos e crenças na imortalidade do espírito não fossem apenas invenções humanas com a boa intenção de trazer à nossa espécie algum tipo de conforto... porque toda vida merece ser assistida, do início ao fim (se é que há um fim), guiada, confortada e aplaudida a cada mudança de etapa.
Todo mundo merece um anjo que traga um pouco de luz e de equilíbrio nesse mundo tão difícil...
Ah Juca, há muito sei como são essas noites de insônia...
Bjos.

Morganna disse...

Eu gostei do Juca. ele se parece comigo. ^^'
adorei a playlist! =***